Republique du Salem gravará disco com novidades na produção e formação

março 31st, 20190 Comments »Última Atualização: maio 4, 2019

Após projetos paralelos do vocalista Davi Stracci e do guitarrista Guido Lopes, como a criação da Conspiracy (tributo ao Black Crowes), a banda Republique du Salem vai gravar um novo álbum a partir do mês abril, no estúdio Space Blues (São Paulo).

Guido Lopes, que também é o produtor do disco, explica que o trabalho terá composições que vão na direção do vintage rock, mas agora com um forte elemento noir (linguagem artística usada no cinema e em graphic novels). “Tem tudo a ver com a história que queremos contar”, comenta o guitarrista. O álbum vai ter canções mixadas por Vance Powell, renomado engenheiro de mix que trabalhou com Jack White, Rival Sons, North Mississipi Allstars, Kings of Leon, entre outros, e ganhou seis prêmios Grammy.

Para esta nova fase, a formação do grupo teve alterações. O baterista Carlinhos Mazzoni (Culto ao Rim, Bluebell, Edgard Scandurra) e a baixista Helena Cruz (banda Luzia) passam a integrar a Republique, ao lado dos fundadores e compositores, Stracci e Lopes. O baterista Nae Silva, que fez parte do último disco (Republique du Salem, 2015) e mudou-se para o Chile, e o baixista Elvis Roger (que acompanhou a banda em 2015/2016), não participam deste álbum.

“De certa forma, foi assim desde o primeiro trabalho, cada álbum contando com a participação de uma cozinha diferente; neste novo capítulo, decidimos já assumir essa identidade desde a concepção”, diz o vocalista Davi Stracci.

A banda paulistana recebeu duas indicações ao Grammy latino, em seu disco de estreia, e gravou o segundo álbum em Los Angeles a convite do ex-Black Crowes, Marc Ford (vindo a excursionar com o artista em 2015). Veja mais aqui!

Por: Diego Centurione
Foto: Divulgação

« Com ternura e maestria, Paul McCartney embala gerações em São Paulo
Lollapalooza Brasil 2019 será transmitido ao vivo »

Categorias

Destaque Novo Álbum

Tags

Comentários

Nenhum comentário