Retrospectiva: coberturas de shows 2017

janeiro 1st, 20180 Comments »Última Atualização: janeiro 25, 2018

Ano de Rock in Rio é sempre garantia de uma grande leva de shows internacionais que, além de acontecerem na Cidade do Rock, respingam em diversos locais do Brasil. Ou seja, 2017 só poderia ser um bom ano para quem não abre mão de boas apresentações ao vivo.

Mas antes do RIR, apenas para lembrar dos principais festivais, iniciamos o ano com Lollapalooza, em março. Neste, vale destacar o arrebatador show de encerramento do primeiro dia de evento, que foi nada menos do que Metallica e teve, inclusive, público recorde. A atração havia sido um pouco questionada quando confirmada no line-up, mas fez questão de mostrar a que veio e que o rock mais pesado também tem espaço no coração dos que curtem uma pegada mais indie.

E, por falar em rock pesado, em 2017 também contamos com a segunda edição do Maximus Festival, em maio, que presenteou os fãs brasileiros com a última oportunidade de assistir Chester Bennington à frente do Link Park. Outra lembrança do Maximus é que, desta vez, ganhou até edição pocket em Porto Alegre, que levou o Slayer pela primeira vez à cidade, sem dúvida, o ponto alto do ano (e até da vida dos mais fãs) para os gaúchos que curtem metal.

Entre as atrações nacionais, se destaca a 16ª edição do João Rock, em junho, marcada pelo retorno da Pitty aos palcos, após a maternidade, e a despedida d’O Rappa, banda que anunciou uma pausa sem data para retorno. Aproveitando o gancho, quem também anunciou uma parada na banda foi o NX Zero, mas antes, registrou o momento com um DVD gravado em São Paulo.

Voltando ao Rock in Rio, que aconteceu em setembro, apesar de receber muitas críticas por não ser mais focado em rock, não podemos negar que o festival foi o responsável pelo maior presente do ano aos fãs do mais puro rock’n’roll: The Who. Pela primeira vez em palcos brasileiros, vale lembrar que, segundo o próprio produtor musical dos caras, Brian Kehew, a apresentação de Porto Alegre foi a melhor deles nos últimos 10 anos, e uma das 5 melhores de todas as que ele já acompanhou (desde 2002). Os ingleses também tocaram no São Paulo Trip, que teve mais atrações do Rock in Rio como Bon Jovi, Aerosmith e Guns N’ Roses.

Para fechar o ano da melhor maneira possível, em novembro, Sir. Paul McCartney trouxe mais uma vez sua catarse em forma de show ao Brasil. O beatle já soma 24 apresentações por aqui, sempre encantando e emocionando com sua extrema dedicação, carisma e incansável energia. Apesar de algumas coisas se repetirem em todos os shows, a gente nunca cansa, porque o amor por um beatle é infinito. Para nossa sorte, o amor dele pelos fãs brasileiros, também.

Claro que tiveram outros shows em 2017 no país, como Jake Bugg, Sting, Noel Gallagher, U2, Megadeth, Green Day e o Solid Rock, com Cheap Trick e Deep Purple. Cada um, certamente, marcou os fãs de determinada forma. Este foi apenas um breve resumo (veja mais aqui).

Mas queremos saber de vocês: que show mais marcou 2017?

Responda nos comentários abaixo ou nas nossas mídias sociais:

http://www.facebook.com/redutodorock
http://twitter.com/redutodorock
http://instagram.com/redutodorock

Por: Lisiane de Assis (Colaboradora RR)
Edição: Diego Centurione

« The Beatles: Bloco do Sargento Pimenta lança seu primeiro álbum
Queen será um dos homenageados especiais no Grammy »

Categorias

Shows & Eventos

Comentários

Nenhum comentário


Festivais no Brasil

    Nenhum data presente

Apoio