The Who resgata o mais puro rock’n'roll em Porto Alegre

outubro 5th, 20170 Comments »Última Atualização: outubro 9, 2017

Cobertura – Direto do Anfiteatro Beira-Rio (RS)

Quando uma banda que nasceu na década de 1960, na Inglaterra, e fez parte de um movimento que revolucionou os rumos da música, está entre nós, a atmosfera muda, não existe chance de ser uma noite comum. Nem o fato de ter um público que pode ser considerado modesto para uma cidade tradicionalmente roqueira como Porto Alegre (hoje com uma cena um pouco desvalorizada) e para uma banda que costuma lotar estádios, foi capaz de diminuir a energia de um show do mais puro rock’n'roll. É claro que estamos falando da apresentação histórica do The Who na capital gaúcha, no último dia 26.

Os cerca de 14 mil fãs presentes no Anfiteatro Beira-Rio puderam conferir a melhor performance ao vivo da banda dos últimos 10 anos, segundo avaliação do próprio produtor musical dos caras, Brian Kehew, que também colocou o show no top 5 de todos os que ele já acompanhou do The Who (desde 2002). Destacou ainda que nunca viu Roger Daltrey sorrir tanto, e deu parte do crédito de tudo isso à recepção e resposta do público.

Antes disso, a abertura do Def Leppard, apesar de ter uma proposta bem diferente da banda principal, já dava uma ideia do que estava por vir, pois o som estava perfeito e parte do público já começava a aquecer. O formato de anfiteatro (que fica em um terço de estádio) também contribui, porque todos podem ficar mais próximos ao palco e enxergar bem de qualquer lugar em que escolha assistir ao show.

Alguns nomes do rock nacional, como Cachorro Grande, Bidê ou Balde, Faichecleres e Tess, se misturaram ao público, deixando a personalidade de artistas para assumir o papel de fãs. Era hora de reverenciar um dos grandes motivos para existência de suas próprias carreiras.

Tudo começou com um simpático Pete Townshend entrando saltitante pelo palco para o início de “Can’t Explain”. Seguiu “Seeker, “Who Are You”, “The Kids Are Alright” e uma enorme lista de clássicos, que durou por quase duas horas e meia. O que se via eram fãs se abraçando, vibrando com cada música que vinha na sequência, cantando e gritando “Who” a cada pequeno intervalo entre uma e outra.

Além da qualidade sonora dos instrumentos, impressionou também a afinação e vitalidade das vozes de ambos os frontmans, tanto quanto a energia de suas performances no palco no geral. Aos setenta e poucos, dão inveja a muitos de quarenta, trinta ou até menos.

No telão, imagens históricas do início da banda nos levavam a uma viagem que tornava ainda mais inacreditável que aqueles caras realmente existem e, mais do que isso, estavam na nossa frente. Quando o foco do telão eram as próprias imagens do show, muito pouco apareceram outros integrantes da banda. O único que ganhou praticamente o mesmo destaque que Roger e Pete, foi Zak Starkey. O baterista tem uma aparência que também nos remete aos anos 1960, pelo rosto, corte de cabelo e, principalmente, pela maneira de tocar. E isso não é à toa, o cara é filho de Ringo Starr. Mas não foi o beatle que o ensinou a tocar, o responsável pela primeira bateria do pequeno Zak, aos oito anos, e também pelas aulas, foi seu padrinho, ninguém menos do que Keith Moon, baterista original do The Who. Deve ser a maior realização de Zak estar no lugar do seu grande mentor, é realmente uma história emocionante.

O que assistimos em Porto Alegre foi uma aula sobre como se faz o bom e velho rock’n'roll, um resgate da sua mais pura forma. Sobre a maneira como ele toca, impacta e contagia as pessoas. E sobre a atmosfera que tudo isso gera, a troca de energia que vai dos instrumentos para as caixas de som e responde no peito e na alma. E o porquê de tudo isso não se explica, apenas se sente e guarda na memória.

Mais fotos exclusivas (clique nas setas ou na imagem):

The Who em Porto Alegre (Exclusivas)

Por: Lisiane de Assis (Colaboradora RR)
Edição: Diego Centurione
Fotos: Alexandre Alaniz para Reduto do Rock

« Far From Alaska: fotos exclusivas do show de lançamento do CD “Unlikely”
Jethro Tull por Ian Anderson: fotos exclusivas do show em SP »

Categorias

Coberturas Exclusivo! Fotos Shows & Eventos

Tags

Comentários

Nenhum comentário


Festivais no Brasil

    Nenhum data presente

Apoio