Pet Shop Boys faz show de cores, luzes e, claro, muito som em Porto Alegre

setembro 27th, 20170 Comments »Última Atualização: outubro 5, 2017

Cobertura – Direto do Pepsi On Stage (RS)

Foi com 30 minutos de atraso que o Pet Shop Boys iniciou sua segunda visita à Porto Alegre, no último sábado (23). Embora muitos já tivessem ido no primeiro show, em 2007, outros aguardavam por eles desde os anos 80, e um pouco de atraso não faria muita diferença.

Mesmo assim o público que lotou o Pepsi On Stage já ensaiava alguns gritos de reclamação quando as luzes apagaram e a dupla entrou, de maneira teatral, surgindo de trás dos dois enormes círculos que dominavam o palco.

A parafernália de sons, luzes, fumaça, lasers teletransportou milhares de pessoas da plateia de volta para as pistas de dança dos anos 80. A dupla vestia seus capacetes característicos, e abriu o show com uma sequência de três canções “Inner Sanctum”, “Opportunities (Let’s Make Lotsof Money) e “The Pop Kids”.

Depois, já sem o capacete metalizado, Neil Tennant comandou as ações com muito vigor físico, contrastando com o estilo discreto com o qual Chris Lowe pilotava seu teclado. Seguiram alternando alguns hits do passado que empolgavam o público, com outras canções de discos mais recentes: “In The City”, “New York City Boy”, “Love Is a Bourgeois Construct” e “Burn”.

Apesar de serem sucesso nos anos 80, a música do Pet Shop Boys soa com uma modernidade revigorada, incorporando sem pudor as batidas eletrônicas atuais. Apesar disso, a próxima sequência de músicas não empolgou muito o público. “Se A Vida É (That’s The Way Life Is)”, “Love Comes Quickly”, “Love etc.”, “The Dictator Decides”.

Tennant foi o mestre de cerimônias, comandando o público com muita simpatia, especialmente nas canções mais conhecidas como “West End Girls”, “Home and Dry”, “Vocals” e “It’s a Sin”. Depois, todos cantaram com ele “Left To My Own Devices” e o refrão de “Go West”.

O setlist estava quase completo, mas os maiores hits, “Domino Dancing” e “Always On My Mind” foram guardados para o final. Ainda houve tempo para uma versão remix de “The Pop Kids”, antes do retorno satisfeito dos fãs para casa.

Mais fotos exclusivas (clique nas setas ou na imagem):

Pet Shop Boys em Porto Alegre (Exclusivas)

Texto e fotos: Alexandre Alaniz (Colaborador RR)
Edição: Lisiane de Assis, Diego Centurione e Thiago Almeida

« Canal de TV reprisa melhores momentos do Rock in Rio 2017
Lollapalooza Brasil 2018: Pearl Jam, Red Hot Chili Peppers e The Killers são destaques »

Categorias

Coberturas Exclusivo! Fotos Shows & Eventos

Tags

Comentários

Nenhum comentário


Festivais no Brasil

    Nenhum data presente

Apoio