Black Sabbath se despede de Porto Alegre e já deixa saudades

novembro 30th, 20160 Comments »Última Atualização: dezembro 1, 2016

Cobertura – Direto do Estacionamento da FIERGS (Porto Alegre)

A despedida do Black Sabbath do Brasil começou por Porto Alegre, na segunda-feira (28). Cerca de 18 mil pessoas se reuniram no Estacionamento da FIERGS para ver o Príncipe das Trevas, Ozzy Osbourne, e os companheiros de quase 50 anos de trajetória, Tony Iommi e GeezerButler, além do baterista Tommy Clufetos.

A noite começou com o death metal do Krisiun, um momento de bastante emoção para os músicos gaúchos e orgulho para o público que já se concentrava no local, que levantou com a banda. Pouco depois, o Rival Sons botou os roqueiros pra dançar, com sua pegada setentista em um honesto show de rock’n'roll.

Às 21h30, o Black Sabbath subiu ao palco com a música homônima, levando os porto-alegrenses a fazerem muito barulho. A partir daí, o que se via eram fãs extasiados, curtindo cada momento desta que foi a última oportunidade de assistir ao grupo na cidade.

A exemplo das suas últimas passagens pela capital gaúcha, em 2013 com o Black Sabbath e em 2015 com a banda da carreira solo, Ozzy mostrou uma afinação invejável na maioria do tempo. Também se balançou bastante, deu suas corridinhas clássicas e esbanjou seu carisma interagindo com palmas, risadas e mandando beijos para o público, apesar de estar, aparentemente, com um pouco menos de fôlego do que das outras vezes.

Tony Iommi e Geezer Butler não têm a mesma presença de palco, claro, mas nem precisam. Somente ouvir ao vivo duas das grandes cabeças responsáveis pela criação do heavy metal, basta. E o baterista Tommy Clufetos não fica para trás, arrancou muitos gritos e palmas da galera, principalmente com seu incansável e barulhento solo de cerca de dez minutos.

Entre os pontos altos estiveram as clássicas absolutas “Snowblind“, “War Pigs” e “Iron Man“. “Children of the Grave” encerrou a primeira parte do show. Nessa, Ozzy se adiantou na introdução, se deu conta e soltou um engraçadinho “Sorry”, seguindo a música. No fim, se ajoelhou e reverenciou ao público que ficou ainda mais agitado com a homenagem. Ao sair do palco, não ouvindo muitos pedidos para que retornassem, o vocalista puxou o próprio bis, gritando “One more! One more!”. O grand finale foi com “Paranoid” e o setlist foi o mesmo apresentado na Argentina.

Nesta quarta-feira (30), o grupo faz sua despedida da cidade de Curitiba, na Pedreira Paulo Leminski. Depois segue para o Rio de Janeiro e São Paulo (veja aqui). Se repetir a dose do que foi em Porto Alegre, os fãs podem esperar uma despedida já com sentimento de saudade.

Setlist do Black Sabbath em Porto Alegre:

Por: Lisiane de Assis (Colaboradora RR)
Edição: Diego Centurione
Fotos: Divulgação

« Linkin Park e Rise Against confirmados no Maximus Festival 2017
Billy Idol se apresentará no Rock in Rio 2017 »

Categorias

Setlists Shows & Eventos

Tags

Comentários

Nenhum comentário


Festivais no Brasil

    Nenhum data presente

Apoio