Iron Maiden encerra turnê pelo Brasil com show intenso em São Paulo

março 28th, 20162 Comments »Última Atualização: março 30, 2016

Cobertura – Direto do Allianz Parque (SP)

Desde o histórico show na primeira edição do festival Rock in Rio, em 1985, o grupo britânico Iron Maiden já desembarcou onze vezes no Brasil, sendo nove com o vocalista Bruce Dickinson a frente da banda. Em 2016, o Iron Maiden retornou ao Brasil com a turnê do álbum The Book Of Souls, lançado ano passado. Foram cinco shows, começando pelo Rio de Janeiro, passando por Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza e encerrando em São Paulo, no Allianz Parque (Arena Palmeiras).

Apesar das diversas passagens pelo Brasil, a apresentação do Iron Maiden é sempre um momento de muito expectativa para seus fãs, começando já com a chegada do Ed Force One, avião oficial do grupo. O boeing 747-400 pousou no aeroporto de Guarulhos no final da tarde de sexta-feira (25), sendo esperado por diversos fãs. O Twitter oficial do aeroporto chegou a fazer uma transmissão ao vivo, para a chegada do Ed Force One.

Com a banda já em solo paulista, a expectativa para o show só aumentava. No sábado, dia 26 de março, os arredores do estádio Allianz Parque foram tomados por uma multidão vestindo camisetas pretas, com diversas estampas do mascote zumbi Eddie. O Iron Maiden lotou a arena com 42 mil fãs ansiosos para o última apresentação da turnê latina-americana.

O primeiro show de abertura ficou com o grupo The Raven Age, formado também por George Harris, filho do baixista do Iron, Steve Harris. A banda fez uma apresentação morna, mas cumpriu seu papel de aquecer o público. Em seguida, era vez do grupo Anthrax subir ao palco. A banda americana também era muito esperada pela plateia da noite. Foi 1 hora de show, com clássicos do grupo e canções do seu mais recente disco For All Kings. A apresentação contou ainda com a participação do guitarrista Andreas Kisser, do Sepultura, nas últimas duas músicas.

Por volta das 21h20, começa a tocar a canção “Doctor Doctor”, da banda UFO, anunciando que o show estava prestes a começar. Com pouco mais de 20 minutos de atraso, as luzes do estádio se apagaram para iniciar o vídeo de abertura do espetáculo, enquanto Steve Harris, Dave Murray, Adrian Smith, Nicko McBrian e Janick Gers se posicionam no palco. A apresentação começa com “If Eternity Should Fail”, música do álbum The Book Of Souls. O vocalista Bruce Dickinson aparece em um púlpito esfumaçante, em um cenário místico, inspirado na civilização Maia.

“Speed Of Light” foi a segunda canção da noite, seguida pela primeira interação do vocalista com a plateia. Bruce afirmou que o grupo guardou o melhor show para São Paulo, última cidade da turnê, trazendo em seguida o clássico “Children Of The Damned”. As trocas do cenário ao fundo do palco eram constantes, a cada música era um painel novo. O baterista Nicko McBrian fica escondido atrás de sua imponente bateria, mas em nenhum momento é esquecido pelos fãs, que acompanham sua batida com palmas ou com ritmados gritos de “hey”.

A apresentação seguiu com “Tears Of A Clown”, canção em  homenagem ao comediante Robin Williams, e “The Red And The Black”, ambas do disco The Book Of Souls. A imagem de Eddie segurando a bandeira da Inglaterra anunciava o clássico “The Tropper”, com Bruce vestindo seu tradicional uniforme de soldado. “Powerslave” e “Death or Glory” foram tocadas na sequência. O público, como sempre, emanava toda sua paixão pelo Iron Maiden e o heavy metal. Bruce Dickinson chegou a afirmar que São Paulo é o coração pulsante do metal no Brasil.

O mascote Eddie finalmente entra no palco para a música “The Book Of Souls”, interagindo com a banda e a plateia. O boneco de 3 metros de altura brincou com o guitarrista Janick Gers, que corria por debaixo das suas pernas. Em seguida, o zumbi Eddie teve seu coração arrancado por Bruce Dickinson. O final do show foi marcado por grandes clássicos do Iron Maiden, começando por “Hallowed Be Thy Name”, “Fear Of The Dark”, que teve uma resposta ensurdecedora da plateia, e “Iron Maiden”.

O grupo deixa o palco por alguns minutos, mas logo o áudio da aterrorizante intro de “The Number Of The Beast” toma conta da arena. O Iron Maiden retorna para finalizar mais uma intensa apresentação de 2 horas, na capital paulista. Nem os 40 anos de estrada tiram o vigor e a energia de uma apresentação da banda. Com a promessa de voltar para o Brasil, o Iron Maiden encerrou a turnê The Book Of Souls pelo país com a sequência “The Number Of The Beast”, “Blood Brothers” e “Wasted Years”.

Mais fotos exclusivas

Veja as imagens acima ou acesse este link.

Setlist – São Paulo – 26/03/16

If Eternity Should Fail
Speed of Light
Children of the Damned
Tears of a Clown
The Red and the Black
The Trooper
Powerslave
Death or Glory
The Book of Souls
Hallowed Be Thy Name
Fear of the Dark
Iron Maiden

Bis

The Number of the Beast
Blood Brothers
Wasted Years

Por: Ihanna Barbosa (Colaboradora RR)
Edição: Diego Centurione
Fotos: Denis Ono para Reduto do Rock

« Fotos exclusivas do show do Iron Maiden em SP
Sepultura: imagens exclusivas da apresentação no Sesc Pompeia »

Categorias

Destaque Exclusivo! Fotos Shows & Eventos

Tags

Comentários

2 Comments

  1. Elizabethy disse:

    Só informando que não foi em recife, informação não está correta. Cidade correta é fortaleza. Ok \m/


Festivais no Brasil

    Nenhum data presente

Apoio