Com som psicodélico, Molodoys prepara seu primeiro álbum

fevereiro 17th, 20160 Comments »Última Atualização: março 19, 2016

Reduto de Bandas

Entre paulistas e paulistanos, a Molodoys nasceu em dezembro de 2012, com a proposta de um som rock psicodélico, inspirados principalmente pela banda nacional Os Mutantes. O grupo é formado por Leonardo Fazio (guitarra e vocal), Camilla Merlot (baixo), Vitor Marsula (teclado) e Jairo Camargo (bateria) e está se preparando para o lançamento do clipe de seu segundo single. A canção “Ácido” foi lançada no final de 2015, dando sequência ao primeiro single “Blues do Cangaço”, que chegou a receber elogios de Sergio Dias, guitarrista de maior influência da banda.

O primeiro trabalho de estúdio da Molodoys foi o EP Metamorphic Fragments, gravado em Amparo (SP), cidade natal da baixista Camilla. O EP foi lançado em julho de 2014, com seis faixas em inglês e produção de Gustavo Coutinho. Já com a sonoridade mais amadurecida, o grupo lançou seus primeiros singles em português e estão finalizando a produção do álbum de estreia, intitulado Tropicaos.

Confira a entrevista com a Molodoys.

Reduto do Rock: Quando e como surgiu a banda?

Camilla Merlot: Começamos em 2012, nós éramos amigos que nos juntávamos para tocar e resolvemos montar a banda, Leonardo e Wesley (antigo guitarrista) já tinham algumas músicas compostas e outras foram sendo compostas até resolvermos gravar o primeiro EP. Mas só em 2014 que definimos nossa formação atual com a entrada de Jairo e Vítor.

RR: Qual o significado do nome do grupo?

Molodoys: É uma palavra retirada do Nadsat, vocabulário criado no livro/filme “Laranja Mecânica”, e significa “Jovens”. Nós nos identificamos bastante com o nome principalmente pelo contexto em que ele está inserido, um mundo distópico, que na verdade não tem muita diferença do nosso próprio mundo, e nós somos os jovens, Molodoys, vivendo no meio disso tudo.

RR: Quais os projetos atuais da banda?

Molodoys: Estamos terminando de gravar nosso primeiro álbum, gravamos metade dele no Family Mob pelo projeto Converse Rubber Tracks, e vamos finaliza-lo na Gerência, estúdio localizado no centro de SP, comandado por Carol Zingler (Sexy Groove) e Tomás Oliveira (Mustache e os Apaches), o álbum vai ser mixado pelo nosso grande amigo/produtor Gustavo Coutinho, que já trabalhou conosco antes. O lançamento está previsto para maio deste ano. Além do disco também estamos produzindo os clipes dos singles desse álbum, o primeiro sairá agora em fevereiro/março, será do nosso novo single, “Ácido”.

RR: Quais são as influências musicais de vocês?

Leonardo Fazio: Isso é bem variado, nós quatro temos bastante influências em comum como a primeira fase do Pink Floyd e Mutantes (que talvez sejam as mais evidentes), e outras bandas psicodélicas/progressivas como Traffic, The Doors, Beatles e Cream. Mas o ponto é que cada um de nós busca trazer suas próprias particularidades ao nosso som. Vítor tem bastante influência de prog clássico e música étnica árabe, Jairo se inspira bastante em bandas como Rush, Queen e Bacamarte, eu (Leonardo) me inspiro bastante por Syd Barrett, Tom Waits e Chico Science, já a Camilla tem é bastante influenciada pelos baixos de baião e jazz.

RR: Qual a inspiração na hora de compor?

Camilla: Atualmente nossa inspiração está quase totalmente voltada para o Brasil, mesclamos influências tropicalistas e psicodélicas para o instrumental e para as letras, misturamos temáticas críticas e voltadas para o nosso tempo e também exploramos alguns elementos do folclore brasileiro, e tentamos fazer tudo isso de uma forma lúdica.

RR: Beatles ou Rolling Stones? Por quê?

Molodoys: Beatles obviamente, por unanimidade, mas é questão de gosto. Se a pergunta fosse Pink Floyd ou Mutantes seria impossível responder.

Sobre o Reduto do Rock.

Molodoys: Conhecemos o Reduto há bastante tempo, antes mesmo da Molodoys existir, sempre acompanhamos o Reduto de Bandas para descobrir novos sons.

Molodoys na internet

Site: molodoys.bandcamp.com
Facebook: facebook.com/molodoysoficial
Twitter: twitter.com/molodoysoficial
Instagram: instagram.com/molodoys
SoundCloud: soundcloud.com/molodoys

Ouça

Sobre o Reduto de Bandas

A seção é dedicada a apresentar novos artistas ao público, através de uma matéria especial. As bandas também respondem a uma entrevista padrão.

É ou conhece um artista e acha que ele merece destaque neste espaço? Entre em contato através do email contato@redutodorock.com. O conteúdo será analisado.

Por: Ihanna Barbosa (Colaboradora RR) e Diego Centurione

« Diversas homenagens marcaram a noite do Grammy 2016; veja vídeos
Novo show do Nando Reis será transmitido ao vivo »

Categorias

Entrevistas Exclusivo! Lançamentos Músicas e Vídeos Novo Álbum Reduto de Bandas

Tags

Nenhum comentário