Músicos prestam seus respeitos a Lemmy Kilmister

dezembro 29th, 20150 Comments »Última Atualização: janeiro 5, 2016

A essa altura todos já estão sabendo da morte do baixista, vocalista e fundador da banda Motörhead. Lemmy tinha 70 anos e morreu dois dias após ter sido diagnosticado com um câncer extremamente agressivo, no cérebro e outro no pescoço.

Vários artistas deixaram suas homenagens nas mídias sociais. Veja algumas:

Ozzy Osbourne

“Perdi um dos meus melhores amigos, Lemmy, hoje”, escreveu o líder do Black Sabbath. “Ele era um guerreiro e uma lenda. Eu te encontrarei no outro lado”

Foo Fighters

“Nós perdemos um amigo e lenda. Meu coração está partido. Descanse em paz, Lemmy. Nasceu para perder, viver para vencer.”

Metallica

“Lemmy, você é uma das razões essenciais para esta banda existir. Nós vamos sempre vamos ser gratos por toda sua inspiração.”

Gene Simons – baixista e vocalista do Kiss

“Lemmy: descanse em paz. Balance os céus, meu amigo.”

Paul Stanley – guitarrista e vocalista do Kiss

“Lemmy morreu. Alguém realmente único. Havia mais nele do que a maioria sabia. Descanse em paz.”

Neil Gaiman – escritor e quadrinista (Sandman)

“Descanse em paz, Lemmy, um homem que eu vi jogar nos caça-níqueis em botecos tarde da noite, e uma vez me agradeceu por entrar em um.”

Billy Idol

“Lemmy, descanse em paz. Minhas condolências para sua família”

Corey Taylor – vocalista do Slipknot

“Meu amigo morreu hoje. Nós todos sentiremos sua falta. Seu nome era Lemmy, e ele tocava rock’n'roll. Descanse em paz, meu amigo.”

Travis Barker – baterista do blink-182

“Nunca pensei que o dia chegaria… Descanse em poder, Lemmy. Você é e sempre será um deus do rock e um dos melhores que fez isto. Você inspirou muitos, por meio de sua música, que você viva pra sempre.”

Dave Mustaine – líder do Megadeth

“Tchau, Lemmy. Amo você, irmão.”

Vince Neil – vocalista do Mötley Crüe

“Lemmy foi um amigo e uma lenda.”

Todas essas homenagens mostram o quanto Lemmy era querido pelos colegas de profissão e cercado de amigos no mundo da música.

Opinião

Por: Murilo Pappini Couto (Colaborador RR)

A morte de Lemmy era meio que um consenso entre as pessoas do meio da música pelo seu jeito inconsequente de viver, principalmente em relação ao álcool. Entretanto, há sim muito a se lamentar.

Você pode ser fã ou não de Motorhead, por curtir ou não heavy metal, mas tem que admitir que Lemmy foi um gênio e um dos maiores roqueiros de todos os tempos. A personificação do espírito rock’n’roll, assim como Mick Jagger, Elvis Presley, Ozzy Osbourne, entre outros.

Por isso, fica aqui acima de tudo nosso respeito e gratidão a Ian “Lemmy” Kilmister. Ele fez o rock ser o que é hoje e sua música jamais morrerá. É o fim do Motorhead, mas os álbuns estão aí.

E, sim, há o que temer. Os ícones estão começando a morrer. E me diga: qual o ícone da nova geração? Diga alguém tão forte quanto Keith Richards, Paul McCartney, Slash, Kurt Cobain ou Lemmy que tenha surgido neste século. Pois é, eu também não lembro de ninguém.

Edição: Diego Centurione

« Canais de TV homenageiam Lemmy Kilmister nesta terça
TV aberta exibe festival inédito com Coldplay e Pearl Jam, no Ano Novo »

Categorias

Músicas e Vídeos Opinião

Tags

Comentários

Nenhum comentário


Festivais no Brasil

    Nenhum data presente

Apoio