Renato Rocha, ex-baixista da Legião Urbana, morre aos 53 anos

fevereiro 22nd, 20150 Comments »Última Atualização: fevereiro 24, 2015

(Atualizado)

O músico Renato Rocha (à direita na foto) foi encontrado morto na manhã deste domingo (22), por volta das 08h30 da manhã, em um hotel no Guarujá (São Paulo). O baixista, que tinha 53 anos, fez parte da primeira formação da Legião Urbana e era conhecido como Billy ou Negrete.

Sivana Melky, amiga que o acompanhava na pousada, estranhou o fato de ele não descer para tomar café da manhã no horário combinado. “Liguei no quarto, desci, e descobri que ele não tinha tomado café. Eu pedi uma chave reserva e encontrei a porta travada. Em seguida, chamei o SAMU e a polícia para ver o que tinha acontecido. Nessa hora descobrimos que ele estava morto”, disse.

As informações dão conta de que Renato Rocha estava internado em uma clínica de reabilitação de dependentes químicos, em Cotia (SP), e podia sair aos finais de semana. Ele tinha se hospedado há três dias no local do Guarujá, onde uma perícia foi realizada e não mostrou marcas de violência ou drogas. A morte ocorreu por conta de uma parada cardíaca, confirmada pelo Instituto Médico Legal (IML).

“Renato faleceu nesta manhã, de parada cardíaca, em São Paulo. Vai com os anjos, Renato. Força ao seu casal de filhos, sua netinha, ao seu pai e aos seus demais familiares”, escreveu a irmã do músico em uma rede social. Já o o ex-companheiro de banda, o guitarrista Dado Villa-Lobos, postou uma foto e uma mensagem em seu perfil do Facebook: “Fica a melhor lembrança, encontrou a paz. E, há tempos, muita saudade…” (veja aqui).

Em 2012, o programa “Domingo Espetacular” (TV Record) fez uma reportagem com o baixista, onde mostrava que Renato Rocha estava morando nas ruas (assista neste link).

Por: Diego Centurione

« Aniversário do Rio terá show com Erasmo, Frejat, Paralamas e outros; veja ao vivo
Brit Awards será transmitido na TV, dia 25 de fevereiro »

Categorias

Geral

Tags

Nenhum comentário