João Barone apresenta série e documentário sobre guerras no History

julho 28th, 20142 Comments »Última Atualização: julho 30, 2014

O The History Channel Brasil estreia na segunda-feira, 28 de julho, a minissérie “Guerra Mundiais”, apresentada pelo baterista dos Paralamas do Sucesso, João Barone. O documentário de 6 episódios será exibido até o dia 30, com dois episódios por dia à partir das 22h00. E para marcar a estreia, Barone estará ao vivo no Twitter @CanalHistory falando sobre as Guerras no mesmo horário do programa.

João Barone, filho de um pracinha que lutou na Itália durante a Segunda Guerra, é pesquisador e aficionado pela Segunda Guerra Mundial. O baterista já lançou dois livros sobre o assunto: “A Minha Segunda Guerra” (2009) e “1942 – O Brasil e Sua Guerra Quase Desconhecida” (2013).

Além dos livros, Barone também produziu documentários contando a história de brasileiros na Segunda Guerra Mundial. O primeiro, “Um Brasileiro No Dia D”, foi lançando em 2006. Sua segunda produção, “O Caminho dos Heróis”, será exibida também pelo History na quinta-feira (31/07), às 23h00. Antes da exibição do documentário, Barone participará de um Hangout no Google, para conversar com o público sobre a estreia de seu documentário (acesse aqui).

Mais informações sobre o canal: seuhistory.com.

Vídeos (chamadas)

Por: Ihanna Barbosa (Colaboradora RR)
Edição: Diego Centurione
Fonte: THC 

« Kasabian: assista ao novo clipe “bumblebeee”
Linkin Park: veja o novo clipe “Final Masquerade” »

Categorias

Internet Política Rock na TV

Tags

Comentários

2 Comments

  1. Ivete Custodio disse:

    Sou filha de pracinha, meu pai esta com 93 anos. Gostaria de saber como adqurir o DVD, deste maravilhoso documentario. Parabens excelente trabalho. Meu pai se emocionou muito. Obrigada

  2. Milton Wojahn disse:

    Adquiri o livro 1942 O Brasil e Sua Guerra Quase Desconhecida, prá quem gosta do assunto um livro sensacional, começando de como e porque o Brasil entrou na Guerra e também ao lado dos aliados.
    Também narra algumas participações da FEB no conflito bem como sua criação e desmestificando mitos do Brasil neste teatro de operações e principalmente o pós guerrra com relação aos pracinhas. Uma pena que quando eu era aluno e mesmo quando servi na FAB em 1982, não tivemos essas informações.
    Milton Wojahn, professor de Educação Física, 51 anos, Modelo-SC


Festivais no Brasil

    Nenhum data presente

Apoio