MTV Brasil passará por transformação e será exibida como canal pago; saiba mais

julho 31st, 20130 Comments »Última Atualização: julho 31, 2013

A MTV já passou por várias mudanças, mas a mais drástica será desta vez. A emissora mudará o formato dos programas e será exibida somente como canal pago, a partir de 1º de outubro. O grupo Abril rompeu o contrato com a empresa Viacom, licenciadora da marca, como parte do processo de restruturação do conglomerado da família Civita.

Dentre as mudanças divulgadas pela Viacom está que a nova MTV terá 350 horas de programação nacional, incluindo formatos diários, realitys, sitcoms, esportes radicais, séries de animação e até mesmo conteúdo internacional dublado.

A MTV por sua vez pretende fazer um especial com a participação de ex-VJs para relembrar os velhos e bons tempos do canal. Por enquanto, nomes como Soninha e Sarah Oliveira já estão confirmados.

Ao longo desses 23 anos, a MTV desenvolveu um papel importante dentro da televisão e principalmente por ser um canal dedicado à música. Com o tempo, os formatos mudaram, VJS entraram, saíram e novos programas foram desenvolvidos. Mas sem dúvida, a internet foi um dos fatores decisivos para a perda de telespectadores.

O mundo não se prende mais somente à televisão. Para tudo há uma conexão. Antigamente, o lançamento de um clipe era algo esperado a semana toda; depois com o Youtube, as coisas mudaram. Ele está ali na hora que você quiser.

Quem viveu a década de 90 ou início do ano 2000 certamente guardará boas lembranças de Edgard Picolli, Gastão Moreira, Sabrina Parlatore, Marina Person, entre tantos outros que bateram asas e voaram para novos horizontes.

Mas ainda continuarão vivas na memória as buzinadas do Cazé no Teleguiado, os clipes mais votados no Disk, o Radiola, Barraco, Rockgol e até o Piores Clipes do Mundo. Fora os especiais como o Luau e os Acústicos.

Agora, só em outubro resta descobrir o que será da nova MTV. Não é o fim, mas está longe do que já foi um dia. E para ‘curtir’ essas transformações, é necessário desligar os olhos do passado e tentar enxergar o que será construído, não mais na base da música e do vídeoclipe.

Por: Álvara Bianca (Colaboradora RR)
Edição: Diego Centurione
Fontes: Est e PI

« Pitty participa de nova música do Emicida; ouça
Nenhum de Nós lança DVD em São Paulo; show terá participação de Scandurra »

Categorias

Rock na TV

Tags

Comentários

Nenhum comentário