Reduto de Bandas: Selvagens à Procura de Lei

julho 10th, 20130 Comments »Última Atualização: janeiro 19, 2014

Engana-se quem pensa que no Ceará só se faz forró. Se depender dos Selvagens à Procura de Lei, se faz rock’n'roll e da melhor qualidade. A banda, formada por Gabriel Aragão (voz, guitarra e piano), Rafael Martins (voz e guitarra), Caio Evangelista (voz e baixo) e Nicholas Magalhães (voz e bateria), nasceu em terras nordestinas, mas poderia muito bem ter vindo da capital federal dos anos 80.

Suas letras politizadas, com uma pegada forte e arranjos bem elaborados impressionaram nomes consagrados, como Dado Villa Lobos, Dinho Ouro Preto e Marcelo D2, que não pouparam elogios ao quarteto (veja neste link).

Em algumas canções do recém-lançado álbum, que leva o nome da banda (ouça aqui), os jovens músicos parecem dar voz aos milhões de brasileiros que saíram às ruas, recentemente, para reivindicarem mudanças na situação atual do país.

Conheça os Selvagens à Procura de Lei:

Reduto do Rock – Quando e como surgiu a banda?

Gabriel Aragão - O Nicholas e eu somos amigos de infância e aprendemos a tocar juntos. Já começamos querendo escrever música, embora não fôssemos bons instrumentistas, insistimos muito. O Rafael e o Caio também se conhecem desde criança e tocam há muito tempo juntos em bandas covers, tributos, festinhas. Conheci o Rafa na faculdade, em 2009, e nos demos bem de cara. Eles eram os caras que faltavam na minha banda com o Nicholas e vice-versa. A música nos uniu.

RR – Qual o significado do nome da banda?

GA - O nome da banda é uma frase irônica sobre o ser humano: o animal que inventa leis.

RR – Quais são as influências musicais de vocês?

GA - Cada um tem as suas influências particulares, que se somam com o todo. No primeiro disco estávamos bem antenados com o som que estava rolando na época, mas, para esse novo trabalho, ouvimos bem mais músicas dos anos 70, 80 e 90. Escutávamos, antes de entrar em estúdio, discos inteiros como Dark Side of The Moon, Abbey Road, Fruto Proibido, Racional I e II, Alucinação, Transa, Planet Hemp MTV Ao Vivo, Acabou Chorare… Isso mudou a nossa forma de criar arranjos e nos deixou muito mais unidos como banda.

RR – Qual a inspiração na hora de compor?

GA - Escrevemos sobre estados de espírito, experiências pessoais, histórias da banda, através de personagens… Tudo está na mesa, desde que o tema seja forte o bastante. Se você escreve sobre o que vive no momento, provavelmente não se repetirá ao longo da carreira, pois a sua interpretação sempre está em mutação, conforme você amadurece. Também rolam músicas que surgem de jams, porque nós adoramos tocar juntos e improvisar em estúdio, mas geralmente somos conduzidos pelo tema.

RR – Beatles ou Rolling Stones? Por quê?

GA - Acho que todos da banda concordam que são os Beatles. Não que a gente não escute Stones, na verdade estamos entrando numa fase bem mais Stones. Acontece que com Beatles rola uma identificação mais profunda e pessoal. Eu, particularmente, cresci ouvindo Taxman e assistindo o filme do Yellow Submarine. Eles eram os meus heróis de infância e continuam exercendo uma grande influência sobre o meu jeito de entender música.

Selvagens à Procura de Lei na internet

Site: http://sapdl.com
Facebook: http://facebook.com/sapdl
Twitter: http://twitter.com/sapdl
Youtube: http://youtube.com/SAPDLVEVO
Instagram: http://instagram.com/selvagensaprocuradelei

Clipe

Sobre o Reduto de Bandas

A seção é dedicada a apresentar novos artistas ao público, através de uma matéria especial. As bandas também respondem a uma entrevista padrão.

É ou conhece um artista e acha que ele merece destaque neste espaço? Entre em contato através do e-mail contato@redutodorock.com. O conteúdo será analisado.

Por: Lisiane de Assis e Diego Centurione
Foto: Rafael Kent

« Thunderbird homenageia 10 anos de Kill Bill com show de rock
Circuito BB traz ao país Red Hot Chili Peppers, Stevie Wonder e mais »

Categorias

Exclusivo! Músicas e Vídeos Reduto de Bandas

Tags

Comentários

Nenhum comentário


Festivais no Brasil

    Nenhum data presente

Apoio