Barão Vermelho comemora 30 anos com “+ 1 Dose”, em São Paulo

dezembro 9th, 20120 Comments »Última Atualização: julho 24, 2014

O Barão Vermelho apresentou neste sábado (8), em São Paulo, o show + 1 Dose. A série de apresentações pelo Brasil, celebram os 30 anos do lançamento do primeiro álbum da banda.

Às 22h30, o grupo entrou no palco do Credicard Hall, ao som de “O avião do Barão está chegando”. O show foi transmitido ao vivo pelo Multishow, na TV e internet.

A primeira música executada foi “Por Que a Gente é Assim?”. O vocalista e guitarrista, Frejat, canta: “Mais uma dose? É claro! É claro que eu tô a fim. A noite nunca tem fim. Por que quê a gente é assim?”. É a escolha mais do que perfeita para o início da apresentação desta turnê.

A banda teve contato direto com o público logo após a segunda canção “Ponto Fraco”, presente no festejado disco Barão Vermelho (1982). Frejat disse que estava feliz por estar pela primeira vez em São Paulo, apresentando a turnê especial.

No palco, a formação atual do Barão composta por Roberto Frejat, Fernando Magalhães (guitarra), Guto Goffi (bateria), Rodrigo Santos (baixo), Maurício Barros (teclado) e Peninha (percussão) esbanjava entrosamento. Destaque para as guitarras altas muito bem divididas de Frejat com Magalhães e da conexão entre Goffi e Peninha, principalmente em “Declare Guerra” (do álbum homônimo de 1986).

Durante o show, mais músicas do primeiro disco como ”Billy Negão”, ”Down Em Mim” e ”Bilhetinho Azul”, onde o ex-baixista e também fundador da banda, Dé Palmeira, apareceu pela primeira vez na noite para tocar com os outros integrantes. Foi apresentada logo depois, a nova música “Sorte e Azar”. Esta, assim como as outras, foram tocadas pelo grupo sem a voz de Cazuza gravada.

Não faltaram também os grandes sucessos da carreira: ”Por Você”; “O Poeta Está Vivo”, canção que o público cantou junto e Frejat apresentou Fernando Magalhães como o insuperável; “Bete Balanço”; ”Puro Êxtase”, onde após sua execução, o vocalista agradeceu os parceiros que contribuíram com a obra do Barão e falou o nome de cada integrante presente; ”Maior Abandonado”; ”O Tempo Não Para”; e “Pro Dia Nascer Feliz”, mais uma música que fez a galera explodir.

Novas emoções rolaram com as homenagens em forma de canções: “Vem Quente Que Eu Estou Fervendo” (Erasmo Carlos); “Quando O Sol Bater Na Janela do Teu Quarto” (Legião Urbana); “Malandragem Dá Um Tempo” (Bezerra da Silva); “Tente Outra Vez” (Raul Seixas); e “Codinome Beija-Flor” (Cazuza e Ezequiel Neves), que encerrou o show e foi executada com forte emoção pelo grupo, após Frejat ler um cartaz de uma fã com fotos e uma frase: “Cazuza é a ausência mais presente na minha vida”. As palavras foram ditas por Zeca, em uma entrevista. O produtor faleceu em 2010.

Foram quase duas horas de uma apresentação mais quente do que a noite de São Paulo. A turnê dá a oportunidade da nova geração conhecer, ao vivo, essa grande banda do rock nacional. São mais de 30 anos de história.

É possível que um show em homenagem ao Cazuza seja realizado pelo Barão Vermelho, no Rock in Rio 2013. Aguardamos ansiosamente.

Setlist

Clique aqui!

Site

barao.com.br

Por: Diego Centurione e Malú Botelho
Fotos: MRossi (Time For Fun)

« Setlist do show do Barão Vermelho em São Paulo
Metallica: assista à dois novos vídeos do DVD “Quebec Magnetic” »

Categorias

Exclusivo! Fotos Shows & Eventos

Tags

Comentários

Nenhum comentário


Festivais no Brasil

    Nenhum data presente

Apoio