Nasi participa do projeto “Encontros” e fala ao Reduto sobre possível retorno do Ira!

outubro 3rd, 20122 Comments »Última Atualização: março 2, 2013

O primeiro dia do projeto “Encontros” no mês mundial da música aconteceu nesta segunda (1º), e trouxe uma programação toda especial aos amantes do rock.  Essa tarde, incomum, meio ao movimento frenético e ininterrupto dos metrôs paulistanos, foi realizada na estação Paraíso.

Lá era possível ver um grupo de pessoas ainda tímido, observando a estrutura montada com uma pequena exposição que contava a história do rock, uma mostra de selo lançados em diversos países com o mesmo tema, uma jukebox e um palco.

Alguns já avisados e muitos curiosos começaram a se aproximar quando, perto das 15h00, um casal trajado com roupas modelo rock dos anos 50 sobe ao palco e começa a dialogar “Eduardo e Mônica”, clássico da Legião Urbana.

A partir daí, as próximas duas horas foram recheadas de dança, arte circense e ilusionismo, sempre acompanhados por músicas, na maioria das vezes recitadas pelo artista que se apresentava.

Pouco depois das 17h00, a estação de metrô continuava a encher e o motivo, diferente dos dias comuns, não era a hora do rush, mas sim a parte final do evento que começava a acontecer: Nasi e sua banda sobem ao palco para uma apresentação intimista.

O repertório viaja pelo tempo e faz o público crescer ainda mais. Canções de sua carreira solo, clássicos de sua ex banda, Ira!, Clash, Legião Urbana, Cazuza, Titãs, Plebe Rude e Raul Seixas viraram coro durante todo o show, que teve aproximadamente uma hora de duração (veja o setlist abaixo).

Raul, aliás, faz parte do novo álbum de Nasi, que será lançado pela Coqueiro Verde. O disco contará com 10 faixas, sendo 5 inéditas e 5 versões homenagem, e tem previsão de lançamento para novembro deste ano.

Em um depoimento exclusivo para o Reduto do Rock, Nasi falou sobre o retorno do Ira!, que tanto já ouvimos e questionamos por aqui:

“O Ira! não volta. Não vejo horizonte pra isso, só se alguma coisa acontecesse, que eu não consigo imaginar que possa acontecer, que possa unir a banda. Eu acho que… as incompatibilidades, os motivos que me fizeram pedir um tempo na banda e depois praticamente sair dela, ainda continuam, entendeu?!

São questões de personalidade, de visão sobre a música, de perspectiva de vida, enfim… Um monte de coisas.

Na verdade, eu estou muito bem na minha carreira solo, tocando com músicos afinados comigo, com uma agenda legal de shows, com projetos, com discos. Não tem mais espaço pra um trabalho como o Ira na minha vida.

E digo mais, acho que quem é fã do Ira! deveria ver meu show, porque as boas qualidades do show do Ira! estão no meu show.

As coisas que eu sempre procurei imprimir sobre a banda, em termos de um rock com bastante pegada, enfim… Tá tudo lá, entendeu?! Só que hoje, modestamente, estou com pessoas melhores”, disse o cantor.

“Ele não nasceu para ser santo. Nasceu para ser a voz de um pecado capital”, é o que diz a contracapa do livro “A Ira de Nasi”, de Mauro Beting e Alexandre Petillo. E nós concordamos!

Fiquem ligados que faremos uma promoção especial onde sortearemos várias biografias!

Setlist da apresentação de 01/10/12

1 – Tarde Vazia
2 – Por Amor
3 – Aqui não é o meu lugar
4 – Rockixe (Raul)
5 – Metamorfose Ambulante (Raul)
6 – Poeira Nos Olhos
7 – Should I Stay (The Clash)
8 – O Tempo Não Pára
9 – Garota de Guarulhos
10 – Eu Quero Sempre Mais
11 – As Minas do Rei Salomão (Raul)
12 – Epitáfio (Titâs)
13 – Envelheço na Cidade
14 – Núcleo Base
15 – Será (Legião)
16 – Até Quando Esperar (Plebe Rude)

Por: Malú Botelho (Colaboradora Reduto do Rock)
Edição: Álvara Bianca e Diego Centurione
Agradecimentos: Cinemagia Agência Cultural, Macida Joaquim e Vagner Garcia

Fotos: Fernando Oliveira

« Foo Fighters: Dave Grohl anuncia intervalo da banda por tempo indeterminado; saiba tudo
Kiss: ouça as novas músicas “Long Way Down” e “All For The Love Of Rock & Roll” »

Categorias

Entrevistas Entrevistas Reduto Exclusivo! Shows & Eventos

Tags

2 Comments

  1. Concordo com Nasi e entendo suas razões para não retornar com o ira! afinal foram 25 anos de música e brigas e até de durou bastante e deixou bastante trabalhos de qualidade comparando com esta Geração de hoje e o negócio é torcer para que nasi continue trasendo rock rool para aqueles que admiram pois esta difícil de gostar de algo novo .

  2. Rosane disse:

    Huuummm eu li “sortearemos várias biografias” ….. *.*
    \o/

    Queria ter ido…