Shows marcam a última semana da Let’s Rock em São Paulo; veja como foi

junho 5th, 20120 Comments »Última Atualização: junho 6, 2012

No último domingo (3), a Let’s Rock, maior exposição sobre rock n’ roll da América Latina, teve sua temporada paulistana encerrada.

Foram dois meses de muito conteúdo rock, com palestras de personalidades como os fotógrafos Bob Gruen e Marcelo Rossi, exibições de documentários das maiores bandas do gênero, concursos, pocket-shows com endorsees da Tagima e bandas covers, workshops e tardes de autógrafos.

Isso sem contar a estrutura da exposição, que exibiu objetos de coleção, instrumentos musicais, fotos e uma linha do tempo com a história do rock pelos 10.500 m² da Oca, no Parque do Ibirapuera, divididos em 4 andares.

O Reduto do Rock esteve nos principais shows da última semana da Let’s Rock! Veja:

Raimundos

Na quarta-feira (30), rolou mais uma noite com rock ‘n’ roll ao vivo e de qualidade. Depois do show do Sepultura, que aconteceu há duas semanas, foi a vez do Raimundos subir ao palco montado na varanda da Oca, especialmente para estas apresentações.

O show começou com um pequeno atraso devido a problemas técnicos, mas isso não diminiu a empolgação dos fãs presentes e dos músicos, que esperavam ansiosos no camarim a liberação do palco. Do início ao fim do show, Digão, Canisso, Marquin e Caio deixaram bem claro que o Rock Nacional ainda existe e tem peso, muito peso.

O show contou com a participação especial do músico e amigo da banda, Dinho Ouro Preto. O grupo tocou Ramones, Capital Inicial, Legião Urbana e muito Raimundos.

Em clima intimista, “Mulher de Fases” veio para enlouquecer o público, após Digão brincar e dizer: “Essa música já foi do Raimundos, hoje ela pertence ao Capital Inicial”. Pedro, caçula do baixista Canisso também teve seu momento no palco com o pai em “Esporrei na Manivela” (veja aqui).

Todo esse rock entre amigos balançou a Oca e as quase duas horas, do que na teoria seria um pocket show. A apresentação foi na semana onde  se falou tanto do rock de Brasília, sensacional.

Agridoce

Já na quinta (31), o dia foi especial Agridoce. Às 17h00, houve a exibição do DVD Multishow Registro Agridoce – 20 Passos, que conta inclusive com o making of das gravações.

Já passava das 20h00, quando o palco foi ocupado pelo projeto de Pitty e Martin. A varanda da Oca foi tomada pelo clima intimista, com muitas luzes, imagens no telão e canções envolventes. O repertório contou com músicas como “Upside Down”, “Embrace The Devil”, “20 Passos”, “130 Anos”, sem esquecer é claro de “Dançando”, um dos momentos mais aguardados pelo público.

Por falar em público, a maioria era formada por pessoas que ainda não tinham ido a um show do Agridoce. A própria Pitty pode comprovar isso quando fez esta pergunta para a platéia e viu a maior parte levantando as mãos, inclusive mãos pequeninas de fãs mirins que se equilibravam nos ombros dos pais para não perder nada do show.

Depois de cerca de uma hora de show, com a participação dos músicos Luciano Malásia (percussão) e Loco Sosa (programações), Pitty convidou os presentes para assistir novamente a exibição do DVD no auditório da Oca.

Kiss Day

Em parceria com o Brasilian Kiss Army, um dos maiores fãs clubes nacionais da banda Kiss, aconteceu no sábado (2) o segundo Kiss Day. O dia especial contou com um maquiador pintando o rosto dos presentes como os integrantes do Kiss, projeção do DVD inédito Kiss Fest I 2007, evento que reuniu 600 fãs de Kiss em 12 de maio de 2007, e apresentação de duas bandas covers: Rock Soldiers e Killers.

A banda Killers se destaca no cenário cover por ter ficado entre os vinte melhores do mundo em um concurso realizado pelo próprio Kiss. O grupo conquista o público por onde passa, com uma performance incrível e visual tão bem produzido nas peças de roupas e maquiagens.

Na apresentação, realizada no no auditório, músicas como “Detroit Rock City”, “Modern Day Delilah”, “Shout It Out Loud”, “Rock’n Roll All Nite, “Lick It Up” (veja aqui), “Do You Love Me”, entre outras. Foram necessárias duas apresentações, devido ao grande número de pessoas.

Tributo ao John Lennon

No último dia de Let’s Rock, nada melhor que acabar com uma programação totalmente dedicada a maior banda de todos os tempos, The Beatles. Durante todo o domingo, foram exibidos diversos documentários sobre a banda e também DVDs com shows aos vivo dos 4 garotos de Liverpool.

No encerramento, a partir das 18h00, um Tributo ao John Lennon foi apresentado por uma banda formada por amigos músicos, admiradores de Lennon. Nos vocais os cantores Blubell, Juliana R, Léo Cavalcante, Mauro Motoki (Ludov) e Hélio Flanders (Vanguart) se revezavam; todos cantando com a vontade e emoção de fã de Lennon. Na guitarra, José Antonio Algodoal, curador da exposição e guitarrista da banda Pin Ups.

No repertório rolaram canções como “Across The Universe”, “Revolution”, “Come Together” e “Don’t Let Me Down”.

O público foi tão grande que também foram necessárias duas sessões – show apresentado no auditório – para que todos pudessem aproveitar a última atração da Let’s Rock, em São Paulo.

Antes do show final, dois vencedores dos concursos culturais organizados pela Let’s Rock – uma frase e um cartaz definindo o estilo rock n’ roll - foram premiados com guitarras Tagima customizadas para a exposição.

Esta semana a exposição já está em processo de desmontagem, mas fique de olho, quem sabe ela não passa pela sua cidade? A gente garante que é imperdível!

Por: Malú Botelho, Álvara Bianca e Roberta Lopes
Edição: Diego Centurione
Fotos
Raimundos: por MRossi

Killers: por Adriana Gazzaneo
Agridoce: por Alexandre Oliver
Let’s Rock e Tributo ao John Lennon: por Roberta Lopes

« Concurso: remixe uma faixa para Serj Tankian
TV Cultura exibe “Os EUA X John Lennon”, nesta sexta »

Categorias

Exclusivo! Shows & Eventos

Tags

Comentários

Nenhum comentário