Nota 10! Titãs faz show com guitarras pesadas na Virada Cultural

maio 7th, 20120 Comments »Última Atualização: maio 8, 2012

O Titãs fez neste domingo (6), ao meio-dia, um show na Virada Cultural (São Paulo). O grupo tocou seu álbum mais emblemático e clássico, Cabeça Dinossauro (1986), por completo e na ordem, reforçando a ideia de disco conceitual. Além disso, houve uma segunda parte, onde o Titãs apresentou sucessos de outras épocas, contando sempre com o peso das guitarras de Paulo Miklos e Tony Bellotto (os dois à esquerda na foto).

A banda, uma das principais atrações do palco montado na Avenida São João, mostrou logo ao que veio. “Cabeça Dinossauro”, uma mistura de punk rock paulistano com sons rupestres do Xingu, abriu o show com um ótimo solo do baterista Mario Fabre. “AA UU” e “Igreja” consolidaram a consistência do show até “Polícia”. Esta foi cantada em uníssono pelo público presente, que formou também gigantes (e já tradicionais) rodas punk em plena avenida. A plateia, formada em sua maioria por jovens de 20 a 25 anos, cantava do início ao fim cada verso de todas as músicas do disco. “Porrada”, “Tô Cansado”, “Bichos Escrotos” e “Estado Violência” mostraram o grande entrosamento da atual dupla de guitarristas da banda. Bellotto, o riffman da banda, dispensa comentários, e Miklos parecia mais ter sido abduzido por um dos deuses do rock ao brincar com suas guitarras.

A segunda parte do show trouxe de volta músicas pesadas de várias épocas. “A Verdadeira Mary Poppins”, “Amor Por Dinheiro” e “Nem Sempre Se Pode Ser Deus” mostraram também a boa forma de Miklos, Britto e Branco Mello nos vocais titânicos. Fabre, o baterista convidado, parecia-se mais uma criança ao ganhar um brinquedo novo, empolgado, sorria e fazia caretas constantemente, contagiando os companheiros e o público com o alto astral.

Além da nostalgia com o passado, ainda sobrou espaço para o futuro. “Fala Renata”, música de Britto, Bellotto e Miklos, que deverá ser gravada apenas no próximo disco, apesar de ainda desconhecida, manteve fiel o público presente. Após mais de 1h30 de show e 26 músicas, o Titãs deixou o palco com a sensação de “dever cumprido”.

O fato é, que após o show do Rock in Rio 2011, com a banda portuguesa Xutos e Pontapés, o Titãs mostrou que ainda é capaz de dar muito ao rock brasileiro. Em 2012, completam 30 anos de carreira e preparam uma turnê comemorativa com os ex-integrantes Arnaldo Antunes e Charles Gavin (Nando Reis parece ter declinado o convite, alegando problemas de agenda) para o segundo semestre. Além disso, estão em turnê paralela com as Futuras Instalações, na qual tocam músicas inéditas que podem pintar no próximo disco prometido para o primeiro semestre de 2013.

Setlist

1 – Cabeça Dinossauro
2 – AA UU
3 – Igreja
4 – Polícia
5 – Estado Violência
6 – A Face do Destruidor
7 – Porrada
8 – Tô Cansado
9 – Bichos Escrotos
10 – Família
11 – Homem Primata
12 – Dívidas
13 – O Que

Intervalo

14 – A Verdadeira Mary Poppins
15 – Amor por dinheiro
16 – Nem Sempre Se Pode Ser Deus
17 – Aluga-se
18 – Diversão
19 – Vossa Excelência
20 – Televisão
21 – A Melhor Banda De Todos Os Tempos Da Última Semana
22 – O Pulso
23 – Fala Renata
24 – Será Que é Isso Que Eu Necessito?
25 – Lugar Nenhum
26 – Flores

Fotos

Veja imagens do show, clique aqui!

Por: Marcos P. Dias (Colaborador Reduto do Rock)
Edição: Diego Centurione
Foto do Titãs (06/05/12): por Luiz Tadeu Santos
Colaboração: Facebook Autorizado Titãs

« Dinho Ouro Preto lança álbum em show com Zélia Duncan, dia 10, em São Paulo
Korn: assista ao novo clipe “Way Too Far” »

Categorias

Destaque Shows & Eventos

Tags

Comentários

Nenhum comentário


Festivais no Brasil

    Nenhum data presente

Apoio