Paramore enlouquece fãs em São Paulo

fevereiro 21st, 20114 Comments »Última Atualização: dezembro 26, 2011

Agitação, alegria, euforia, esperança, tudo isso você encontrava na fila para o penúltimo show do Paramore no Brasil, neste domingo (20), em São Paulo.

A banda Fake Number abriu a noite com as músicas Segredos, Dynamite, Perto de mim, Aquela Música, Use Somebody, Platônico e Você Vai Lembrar.

O show do Paramore começou pontualmente às 20h00, para as 7 mil pessoas que estavam presentes no Credicard Hall. Apenas o microfone laranja no palco, e a platéia já estava gritando loucamente pedindo a banda.

A ”pequena” vocalista Hayley, que com todo seu carisma torna-se uma gigante no palco, entra dominando, com sua blusinha escrita B.O.Y. (Beware of you), dando socos no ar, junto com o guitarrista Taylor York e o baixista Jeremy Davis. Eles estavam acompanhados pelo irmão mais velho de Taylor, Justin York, na guitarra e Josh Freese, na bateria.

Ignorance agitou o público, com todos vivendo um momento único: a segunda vez do Paramore no país. Hayley pegou uma bandeira do Brasil assinada pelos fãs, ficou enrolada com ela, e começou a tocar Feeling Sorry. Depois soltou um “Hey, brazil” e pediu para o público cantar o refrão junto com ela. Hayley também falou outras frases: ”São Paulo, vocês estão prontos?” e a famosa ”We Are Paramore”.

E assim começa That’s what you get, com  todos sacudindo seus cabelos no ritmo da música e a vocalista como sempre, apoiada nas caixas de som, faz o mesmo. Em For a pessimist I`m pretty optimistic, a galera foi ao delírio com o refrão “So what did you think I would say? You can’t run away, you can’t run away”. “Obrigada”, disse ela em português, depois em seu idioma “Oh, meu Deus! Três anos! Estamos muito felizes de estar aqui na cidade, no País de vocês… É inacreditável! Temos muitas músicas para cantar, espero que gostem”. Não poderia faltar Decode, que esteve na trilha sonora do primeiro filme da Saga Crepúsculo e não havia um que não soubesse a música de cor.

A banda faz uma breve pausa, mas os berros insanos da galera não, até que a Hayley voltou dizendo “Estão se divertindo?…. Vocês são incríveis”. O grupo voltou com nova a música In the morning, e pediu para quem soubesse, cantar também. Vários fãs já estavam com ela decorada. Hayley então falou “vocês são incríveis, obrigado por cantarem junto comigo. Vocês estiveram esperando esse show esses três anos? Porque nós sim! Esta é a segunda vez que viemos a São Paulo, prometo que não vai demorar para voltarmos”. When it Rains foi uma das músicas mais calmas do show, mas o coro era forte.

Depois ofereceu Where the lines overleap para todos os amigos, família, fãs e para toda a Família Paramore, que ela disse que não é pequena. Misguided Ghosts foi ressaltada com o recado para todos que compram os cd’s: “Aos que compraram nosso último álbum, essa é para vocês”. Após essa música, os fãs pedem My heart loucamente, mas a tentativa falha.

Outra pausa, a banda volta e Hayley pergunta “Ei, São Paulo, vocês dançam? Quero ver todo mundo dançando até o final da música!”, e tocaram Crushcrushcrush. A vocalista até arriscou umas reboladas e a galera foi ao delírio. Pressure foi embalada com as mãos do público para cima, de um lado para o outro. Hayley interrompeu uma parte para apresentar os integrantes e depois voltou a cantar o refrão. Looking up foi bem animada, todos cantaram com toda força “It’s not a dream anymore” e o show já estava quase chegando ao final.

Hayley agradeceu a banda Fake Number, a qual abriu o show e pediu palmas para eles. Only exception, foi uma das músicas mais emocionantes. A vocalista pediu para os fãs ligarem qualquer coisa que brilhasse no escuro, e todos cantaram em uma só voz. Hayley cantou de olhos fechados. Cena linda!

O show segue com Brick By Boring Brick e seu famoso coro de “Para pa para pa para” e a tão esperada My heart.

Para fechar a noite, Misery Business. A galera deu a alma nessa música e dois fãs subiram no palco para cantar e tocar junto. Hayley ficou brincando com um dos fãs que disse que era a “nova Hayley”. O fã era o estudante de 19 anos Leivison Rosa, de Uberaba, Minas Gerais. Ela mostrou um microfone amarelo, e disse que Leivison representaria cada um dos fãs. Ela perguntou “você vai cuidar bem dele? Certeza?”, e estendia o microfone. Quando o fã ia pegar, ela puxava ele de volta “certeza?”, e finalmente entrega o microfone para ele, que encerra o show.

Às 21h35 o Paramore se despede do público, vindo para frente e se curvando. Hayley sai do palco agarrada com Jeremy. São Paulo se despede da banda com uma frase que resume tudo: We were born for this (Nós nascemos pra isso).

Setlist
Ignorance
Feeling Sorry
That’s what you get
For a pessimist I`m pretty optimistic
Emergency
Playing God
Careful
Decode
In The Morning
When it Rains
Where the lines overlap
Misguided Ghosts
CrushCrushCrush
Pressure
Looking Up
The Only Exception

Bis
Brick By Boring Brick
My Heart
Misery Business

Fonte: Giovanna Cecchini para Reduto do Rock
Foto de Hayley Williams: por Flavio Moraes/G1

« Esposa revela motivo da morte de ex-baterista do Stereophonics
Red Bull Music Academy abre inscrições para edição 2011 »

Categorias

Exclusivo! Opinião Shows & Eventos

Tags

4 Comments

  1. [...] This post was mentioned on Twitter by Ana Claudia, Giovanna Cecchini ♕, Giovanna Cecchini ♕, Giovanna Cecchini ♕, Giovanna Cecchini ♕ and others. Giovanna Cecchini ♕ said: @paramorebrasil Resenha de ontem galera! http://redutodorock.com.br/redutodorock/site/?p=9164 [...]

  2. sam disse:

    Nossa, o resumo ficou simplesmente muito foda!

  3. Nadja disse:

    O resumo ficou simplismente…iraaaaaaaaaaaadoooooooo!Eu amo paramore,e estou louca para ver a banda paramore novamente aqui no Brasil.A data está marcada para o dia 26/01/2013.Mal vejo a hora!

  4. [...] Agitação, alegria, euforia, esperança, tudo isso você encontrava na fila para o penúltimo show do Paramore no Brasil, neste domingo (20), em São Paulo. [...]