Green Day em São Paulo, visão de um fã

outubro 26th, 20103 Comments »Última Atualização: outubro 26, 2010

Green Day: A volta do Punk Rock a cidade de São Paulo

So take the photographs, and still frames in your mind
Hang it on a shelf in good health and good time
Tattoos of memories and dead skin on trial
For what it’s worth it was worth all the while

It’s something unpredictable, but in the end it’s right.
I hope you had the time of your life.

 

Mais um espetáculo riscado na lista dos shows que gostaria de ver antes de passar desta para uma melhor: GREEN DAY, senhoras e senhores.

Esta banda californiana de East Bay, representada pelos impagáveis Billie Joe Armstrong, Mike Dirnt e Tré Cool, transformou uma simples quarta-feira na cidade de São Paulo em um dia para não ser esquecido jamais.

Um punk rock trabalhado ou ensaiado (como queiram chamar), que já se tornou musical na Broadway, e levou milhares de pessoas aos grandes estádios, arenas e espaços nesta última turnê do álbum 21st Century Breakdown, deixou sua marca e assinatura final na capital paulista.

Como disse o mestre de cerimônias Billie Joe: “Isto não é um show, é uma CELEBRAÇÃO”, e eu fiz parte disto, junto com mais 20 mil pessoas, ao som de grandes clássicos que marcaram as paradas na época dos anos 90 e seguiram sendo transformadas a cada disco lançado.

Afinal, que banda age naturalmente a invasão de uma pessoa ao palco, ou convida outra a cantar uma música e ao final presenteia-lhe uma guitarra? Ôpa, dúvida? Veja aqui!

Acredito que nunca tenha comparecido a um show onde em TODAS as músicas o vocalista usou o nome da cidade em que estava (no caso SÃO PAULO), para complementar os versos destas e conquistar os espectadores. O público fez a sua parte, cantando, extravasando e chutando (nas famosas rodinhas de “bate-cabeça”) toda a emoção contida nestes 12 longos anos de espera. E digo sem dúvida alguma: valeu a pena!

Grandes hits entoados faziam a trilha sonora na zona norte de São Paulo, e BASKET CASE vinha simbolizar o que aquela banda significava na vida de cada um dos que se faziam presentes. Hits de outras bandas que marcaram sua história do ROCK AND ROLL também não foram esquecidas, e diga-se de passagem, foram tocadas pelos integrantes deitados no palco.

Diferente. Inusitado. Genial!

Lamento apenas o fato de não poder traduzir em palavras o GRAND FINALE, pois estas ainda não foram inventadas, ou não conseguiriam representar o ocorrido.

Encerro com o vídeo gravado pelo meu amigo Jão, em um dos melhores momentos do show, em que foram entoadas na sequência Wake Me Up When September Ends e Good Riddance (Time Of Your Life), finalizando com chave-de-ouro aquela grande ocasião:

Fonte: Thiago “Toca” Santos para Reduto do Rock

« Foo Fighters na ativa em 2011; e com novo álbum
Exposição mostrará discos que inspiraram Elvis »

Categorias

Exclusivo! Opinião Shows & Eventos

Tags

Comentários

3 Comments

  1. [...] This post was mentioned on Twitter by Caroline Souza, Reduto do Rock. Reduto do Rock said: Green Day em São Paulo, visão de um fã: http://bit.ly/buFq7G [...]

  2. Diegão! Obrigado pela publicação do meu texto! Fiquei muito feliz. Foi realmente um show para não ser esquecido jamais! Abração, irmão!

  3. Green Day. I love!
    Parabéns Tôca.
    bjos.