1º dia do SWU: Grandes atrações e algumas falhas

outubro 10th, 20104 Comments »Última Atualização: junho 7, 2011

Zack de la Rocha do RATM (Foto: Flávio Moraes/G1)

Neste sábado, 9 de outubro, o festival SWU recebeu cerca de 50 mil pessoas na Fazenda Maeda em Itu/SP. A temperatura chegou a 16°C, com sensação térmica ao redor dos 10°C às 21h. O trânsito ficou complicado na entrada e a poeira castigou as gargantas. Mas os fãs se mantiveram lá firmes e fortes, esperando pelas grandes apresentações do dia: Mutantes, Los Hermanos e Rage Against The Machine. 

O show dos Mutantes foi repleto de hits como Vida de CachorroTop Top e Minha Menina. O grupo liderado pelo guitarrista Sergio Dias Baptista iniciou nos anos 60 e voltou à ativa em 2006, sem Rita Lee. Após o lançamento internacional do disco Haih, a banda celebra uma nova fase na carreira. “Não existe mais diferenciação (entre os Mutantes e a banda de apoio), como existiu na volta em 2006. Agora, funciona tudo junto, todo mundo colabora”, disse Sergio em entrevista ao Estadão. As canções foram acompanhadas por palmas de um público animado e o ponto alto foi na música Balada do Louco

Los Hermanos mataram a saudade dos palcos e dos fãs em grande estilo. A banda, que não se apresentava há mais de um ano (desde a abertura para o Radiohead em 2009), foi ovacionada pelo público, que cantou as músicas do começo ao fim. Sempre simpáticos e sorridentes com o público, os músicos liderados por Marcelo Camelo e Rodrigo Amarante, emendaram uma canção na outra. Músicas como Vencedor, Cara Estranho, O Vento e Sentimental fizeram a alegria dos presentes. O grupo encerrou a apresentação com a canção A Flor do álbum Bloco do Eu Sozinho. “Eu me sinto privilegiado de ter vocês como parceiros da nossa obra”, finalizou Marcelo. 

Entre as bandas internacionais, a mais esperada era, sem dúvida, a mistura entre rap, heavy metal e densas críticas sociais que formam o Rage Against The Machine. Pela primeira vez em apresentação no Brasil, a banda defende bandeiras de revoluções políticas sociais contra o sistema capitalista. A entrada foi anunciado por uma sirene e uma estrela vermelha gigante no centro do palco. A fúria e o peso das canções contagiou o público, enquanto seguranças tentavam conter a massa que se espremia contra as barreiras de proteção. A apresentação teve de ser interrompida quando uma grade desabou na área premium e depois, em um apagão no som que provocou a ira dos espectadores já exaltados. Diversas pessoas foram retiradas à força por seguranças e pelo menos quatro foram atendidas no posto médico do festival. O vocalista Zack de la Rocha disse que não tocaria enquanto não tivesse certeza de que todos estivessem seguros. Apesar do pedido, a volta do som explosivo da banda foi suficiente para incendiar novamente o público minutos após o reinício do show. O término da apresentação se deu com dois grandes sucessos, Freedom e Killing In The Name (confira no vídeo abaixo). 

Críticas 

Consultando algumas pessoas, registramos algumas reclamações quanto à organização. A visão do palco era prejudicada por estruturas do som do evento e os telões não eram suficientemente grandes para a multidão reunida no festival. Alguns reclamaram por terem faltado fichas para bebidas em determinado momento durante as apresentações. O estacionamento oficial estava mal sinalizado, dificultando a localização dos veículos após o show. Muitos reclamaram também da estrada estreita e sem iluminação que dava acesso à saída. Na volta para a rodoviária de Itu, os ônibus disponibilizados foram insufientes, gerando lotação e demora. 

Abaixo, vídeo gravado por nós, durante a apresentação do Rage Against The Machine. Díficil ficar parado, mas o áudio ficou bacana. Curte! 

 

Fonte: Diego Centurione e Andressa Warken para Reduto do Rock 

Matérias relacionadas:
3º dia do SWU: Veja vídeos do Queens Of The Stone Age e Linkin Park

2º dia do SWU: Kings of Leon e Dave Matthews Band esbanjam qualidade sonora

« Google faz homenagem a John Lennon
2º dia do SWU: Kings of Leon e Dave Matthews Band esbanjam qualidade sonora »

Categorias

Shows & Eventos

Tags

Comentários

4 Comments

  1. Lívia disse:

    Organização terríííível! 2 horas para achar o ônibus de volta pra SP e filas, filas e mais filas!

    Mas os show foram insanos.

  2. [...] This post was mentioned on Twitter by Rita and Andressa Warken, Reduto do Rock. Reduto do Rock said: 1ª noite do SWU: Grandes atrações e algumas falhas http://bit.ly/cRn2eI [...]

  3. ANDERSON disse:

    rede globo lamentavel

  4. [...] This post was mentioned on Twitter by Reduto do Rock, Reduto do Rock and Anacrônica, Reduto do Rock. Reduto do Rock said: Temos no YouTube, um vídeo exclusivo com 17.199 visualizações! Sabe qual é? Não? Veja agora e comente: http://bit.ly/9h1Y2x [...]


Festivais no Brasil

    Nenhum data presente

Apoio