Relembre o show do Oasis em São Paulo

maio 9th, 20104 Comments »Última Atualização: fevereiro 2, 2011

Liam Gallagher no show do Oasis em SP (Foto: Diego Centurione)

Mesmo com a separação da banda em 2009, muitos fãs tem certeza de que não é o fim do Oasis. Hoje, 09/05/10, faz 1 ano que o Oasis fez seu show em São Paulo. Para relembrar a data, o depoimento de Thiago, um fã que viu de perto os ídolos. Curte aí!

“Difícil a tarefa que me coloquei mais uma vez de, com certa ousadia, descrever o indescritível. É ainda estranho assimilar o dia 09 de maio de 2009. Após três anos de espera, coloco em meu currículo mais um show de minha banda preferida, o Oasis. 

No meio do ano passado, encerrei o quarto ano da minha faculdade (Psicologia) e conquistei o bacharelado por tal feito. O meu tema de TGI (TCC) se referiu a influência dos ídolos na constituição da identidade de adolescentes. 

Logicamente que o tema não foi à toa, e o Oasis estava fortemente relacionado ao mesmo, fazendo a banda ser citada em meu trabalho e no banner da apresentação. 

Digo isso, para tentar passar um pouco a dimensão que essa banda ocupa em minha vida, como a tamanha identificação que tenho com a mesma. Talvez por isso, para não dizer com certeza, novamente me dirigi ao aeroporto para recepcionar meus ídolos, e alucinar um pouco como um aquecimento para o show. 

A primeira vez que os vi no aeroporto, como registrado no Youtube e por meio de fotos, mostram um menino paralisado, emocionado, que não sabia o que fazer no momento. Perdido em meio a tantos fãs e não acreditando que estava ao lado daquelas pessoas que tanto marcaram sua vida. 

Já essa segunda vez, a maturidade falou mais alto, porém pouca coisa, pois nos poucos momentos em que estive ao lado dos caras novamente, voltei a minha adolescência e a sentir uma emoção que não costumo sentir com frequência. Decidi que apenas filmaria, procurando registrar o momento épico, e assim o fiz, com mais tranquilidade. 

A correria para ver Noel Gallagher, o empurra-empurra para ficar ao lado de Liam Gallagher, a tranquilidade para falar com o Gem e o Andy, ficaram na memória, uma adrenalina imensurável. Tudo isso ao lado de pessoas muito significativas pra mim, amigos. 

O dia mal havia começado, e tudo indicava que não seria apenas mais um dia qualquer… 

Enquanto íamos para o show sentia um ar de incredulidade no ar. Olhava para meus amigos, olhava para o momento, era demais para mim. É algo diário, seja pela televisão, pela internet, por meio de notícias no jornal, pelo Ipod… o Oasis me acompanha diariamente. Chegava a ser algo surreal, sendo por diversas vezes comentado: “Estamos indo para um show do Oasis, você acredita nisso?”. 

Ao chegar no show, uma fila de fãs alucinados, entoando as canções que marcaram a história do Rock, feitas pelo gênio da música Noel Gallagher, e mais recentemente por seu irmão e demais integrantes. O clima era fenomenal. 

Abriram-se os portões, a velha e companheira adrenalina ressurge das cinzas, os passos aceleram e a posição é difinida até a hora do show. Cinco horas de aperto, cinco horas de espera, cinco horas de dor nas costas e dor nas pernas, que num simples entoar de FITB (abertura da banda), parecem se perder no ar e renovar o nosso corpo. O Oasis vinha para seu show em São Paulo, e vinha com tudo! 

Não deixo a Cachorrada de lado. Fizeram um show de abertura sensacional, como verdadeiros fãs declarados que são, puxando o grito: Oasis! Oasis! Oasis!, alucinando a galera! 

A ligação entre Oasis, São Paulo e chuva, é algo que nem o tecladista da banda consegue explicar. Em 2006 o céu havia caído, e o feito se repetiu em 2009. Parece ser algo que nos limpa a alma, que nos renova, que nos aproxima mais da banda… indescritível!!! 

As palavras pareciam serem jogadas ao ar, buscando preencher todos os espaços vazios daquela arena anhembí, enquanto Noel poetizava com sua guitarra e seu irmão Liam dava-lhe a melodia. 

Tudo se passa muito rápido, porém com muita intensidade. O peito dói, as cordas vocais se embaralham, o coração dispara e o momento se transcende! A banda saí, a banda retorna. Don’t look back in anger é entoada em uma versão fenomenal e o clássico Champagne Supernova seguido de I am the walrus fecham a noite com chave de ouro. 

Acabou! 

Mente e corpo, nesse momento, não possuem ligação nenhuma.

Camisas, pôsteres, bandeira, bottons, faixas, são objetos que tentam deixar a chama do show viva, a lembrança que não será esquecida, a palavra e o momento em forma de objeto.

Depressões pós-Oasis, sentimentos vazios, saudades, farão parte dos próximos dias, meses, anos… mas sei que esse show não foi despedida alguma, mas sim um até logo!”

Por Thiago Tôca Santos 

« Interpol: nova música, disco finalizado e baixista deixando o grupo
Order of the Black é o novo álbum do Black Label Society »

Categorias

Exclusivo! Shows & Eventos

Tags

Comentários

4 Comments

  1. [...] Matéria relacionada: Relembrando o show do Oasis em São Paulo [...]

  2. [...] This post was mentioned on Twitter by Reduto do Rock, Thiago Tôca. Thiago Tôca said: Confiram meu texto no site Reduto Do Rock, do meu amigo Di: http://redutodorock.com/2010/05/09/relembrando-o-show-do-oasis-em-sao-paulo/ [...]

  3. Agradeço imensamente a publicação deste texto, Di! Que saudades desse show e desses momentos! Abração!!!

  4. [...] This post was mentioned on Twitter by Mariane , Reduto do Rock, Reduto do Rock and others. Reduto do Rock said: FELIZ 7 ANOS @OASISNEWS!!! Relembre o show do @oasis em 09/05/10, em São Paulo: http://redutodorock.com.br/redutodorock/site/?p=2327. [...]


Festivais no Brasil

    Nenhum data presente

Apoio