Kiko Loureiro do Angra se apresenta na Califórnia

fevereiro 12th, 20100 Comments »Última Atualização: dezembro 14, 2012

Kiko Loureiro, guitarrista do Angra, se apresentou no stand da Samson, na NAMM (National Association Of Music Merchants) que aconteceu de 14 a 17 de janeiro no Anaheim Convention Center, em Anaheim, Califórnia (EUA).

Loureiro é reconhecido internacionalmente como guitarrista da banda Angra e também já lançou três discos solo denominados: “Fullblast” (2009), “No Gravity” e “Universo Inverso” – este último em estilo Jazz.

O guitarrista foi considerado o melhor do mundo por duas conceituadas revistas: Young Guitar e Burrn! – superando grandes nomes da guitarra como Steve Vai, Eddie Van Halen, Joe Satriani, Yngwie Malmsteen, Paul Gilbert, John Petrucci e vários outros para receber o título.

Saiba mais sobre Kiko Loureiro…

Por dois anos seu professor, Pedro Bueno, ensinou-lhe os primeiros acordes e peças de violão. Adolescente roqueiro, quis aprender a tocar guitarra. Ganhou sua primeira guitarra aos treze anos, uma Giannini modelo SG preta, e um amplificador cubo também Giannini. Foi então aprender os solos e riffs que ele tanto desejava, de guitarristas como Eddie Van Halen, Jimmy Page, Jimi Hendrix, Randy Rhoads, entre outros.

Aos dezesseis anos, já levando bem a sério o estudo da guitarra, foi estudar no antigo IG&T e lá teve a oportunidade de conhecer o guitarrista Mozart Mello, com o qual estudou durante cinco anos. Foi neste período que começou a tocar profissionalmente nas casas noturnas de São Paulo.

Sua primeira banda nesta época foi o Legalize (com Edu Mello nos vocais, Dennis Belik no baixo e Alja na bateria). Posteriormente tocou com a banda A Chave, participando também no projeto do tecladista Fábio Ribeiro, o Blesqui Zátsaz. Também nesta fase, ele conheceu Seizi Tagima, quando levou sua Ibanez para regular, visitando o atelier do famoso luthier. Depois deste encontro, Kiko e Seizi desenvolveram uma guitarra que veio a ser o protótipo da Tagima Zero e substituiu sua Ibanez. Ele utilizou tanto seu protótipo quanto as Tagima Zero por muitos anos e recentemente desenvolveu dois novos modelos, a Tagima K1 e a Tagima K2.

Aos dezenove anos foi convidado para entrar no recém-formado Angra. A partir daí sua história se confunde com a história desta banda. Teve de se dedicar por tempo integral ao Angra, pois os resultados perante crítica e público desde a primeira demo, de 1992, foram surpreendentes.

Em março de 1993, Kiko gravou sua vídeo-aula pela produtora MPO, e em junho do mesmo ano viajou à Alemanha para gravação do primeiro CD do Angra, intitulado Angels Cry. O álbum, logo obteve grande repercussão, principalmente no Japão, onde alcançou disco de ouro.

« Charles Gavin deixa os Titãs
Filho de Paul McCartney lançará álbum solo »

Categorias

Guitarra Shows & Eventos

Tags

Comentários

Nenhum comentário